Está em... Entrada

Artigos

Instalações do Hospital da Divina Providência

Limitando-nos ao estudo arquitectónico e patrimonial dos vários imóveis que acolheram o Hospital da Divina Providência, vemos que uma única vez teve um edifício apropriado para a função para o qual foi construído, e com o qual dotou Vila Real com um dos mais emblemáticos edifícios classicistas da primeira metade de novecentos. Todos os outros foram apropriações de estruturas já existentes com acrescentos indispensáveis para darem resposta às necessidades hospitalares. Os primeiros foram adaptações de residências; o último aproveitou um colégio e uma antiga casa nobre (demolida) com capela, adaptados às novas funções, criando assim um edifício eclético, onde a estrutura da segunda metade do século XIX se articula com uma capela setecentista, e com um edifício (século XX) de carácter clássico dado através de uma fachada, cujos elementos arquitectónicos que a compõem, são materiais aproveitados, de estruturas demolidas.

Todo este percurso faz da história patrimonial do Hospital da Santa Casa da Misericórdia um caso difícil de estudar mas, ao mesmo tempo, fascinante.

CCDRN  ON2  FEDER   CEPESE